8 tendências de recrutamento para 2017

0

A Mercer, maior consultoria de recursos humanos do mundo, publicou uma lista com as principais tendências de recrutamento previstas para 2017. Entre elas, algumas novidades que ainda não tinham aparecido em outras listas do gênero: a importância de valorizar os programas internos de indicações de funcionários, o crescimento da dimensão de diversidade na estruturação dos programas de recrutamento e o imperativo da tecnologia móvel.

Confira:

 1 – Dados são mais relevantes do que nunca

Ficou claro que essa tecnologia em RH pode aperfeiçoar – e não eliminar – o lado humano do processo de recrutamento, por facilitar a análise das qualidades de cada candidato.

2 – Mais investimento em programas de indicações

Estudos mostram que indicações feitas por funcionários são as que trazem os candidatos de melhor qualidade para os processos seletivos, mas que pouquíssimo dinheiro é investido nesse tipo de programa. Há uma série de benefícios em estimular funcionários a identificar potenciais candidatos – incluindo economia de tempo no processo de contratação e o fato de que pessoas contratadas a partir de uma indicação tendem a ter desempenho melhor e ficar mais tempo na empresa.

3 – O imperativo da tecnologia móvel

A maior parte dos candidatos tem pouco tempo livre e procura emprego enquanto realiza outras atividades. Para isso, usa principalmente dispositivos móveis, como tablets e celulares. As empresas precisam garantir que seus websites e anúncios de vagas estejam adaptados para exibição nesses dispositivos.

4 – Marca é tudo

O tema marca empregadora vai tomar uma proporção ainda maior em 2017. A maioria dos profissionais de recrutamento acredita que uma marca empregadora forte tem impacto significativo na atração e contratação de talentos. Pesquisas mostram que marcas reconhecidas tem maior potencial de serem levadas a sério por candidatos durante o processo de recrutamento. A questão para os recrutadores é: como garantir que sua marca esteja constantemente em contato com futuros funcionários?

5 – Aumento no uso de ferramentas de automação

Gestores de RH estão se equilibrando entre uma série de atribuições e o trabalho de encontrar, avaliar e entrevistas os melhores candidatos leva tempo. Ferramentas de automação, que ajudam a peneirar as centenas de candidatos a cada processo seletivo, ficarão ainda mais populares.

6 – Experiências melhores para os candidatos

Empregadores vão continuar aperfeiçoando a experiência do candidato por meio das redes sociais, incluindo Instagram e Snapchat. Candidatos falarão com pessoas reais, principalmente funcionários, que compartilharão suas experiências de trabalho na organização.

7 – Ênfase na diversidade

A diversidade tornou-se prioridade nos sistemas de recrutamento em muitas grandes empresas e isso está influenciando organizações de todos os tamanhos. Seja na forma como os anúncios de vagas são elaborados ou como são conduzidas as entrevistas com funcionários em potencial, o tema diversidade está influenciando todas as facetas dos processos seletivos.

8 – Recrutamento de funcionários “sob demanda”

Uma tendência que vem ganhando muita força é o recrutamento temporário de funcionários altamente qualificados. Cada vez mais empresas estão optando por “alugar” talentos, até mesmo nos níveis mais altos. Além disso, as empresas continuarão a contratar os chamados “funcionários bumerangue” – aqueles que já trabalharam para a organização em algum momento no passado.

Compartilhe.