Rituais que ajudam a limpar a mente e acalmam

0

Muitas vezes, quando você desenvolve muitas tarefas parecidas de forma constante, as ideias parecem fugir, pois você se aprisiona nesse procedimento e fica condicionado, transformando seus momentos criativos em algo cada vez mais raro e difícil de acontecer. Além de ser extremamente prejudicial para a sua carreira e para a sua convivência em sociedade, essa atitude reduz suas oportunidades e faz com que você deixe passar despercebidas algumas chances interessantes.

Você se reconhece nessa situação, mas não sabe o que fazer para revertê-la? Nós, do Love Mondays, temos algumas recomendações para te ajudar a limpar a mente, baseadas no livro “The Artist’s Way: A Spiritual Path to Higher Creativity”, escrito por Julia Cameron, poeta, coach e autora de mais de 40 livros. Sua obra, que inspira profissionais criativos, pode também te ajudar a se abrir para novas oportunidades. Por isso, acompanhe, a seguir, as dicas que selecionamos para que você limpe a sua mente:

Antes de tudo, é fundamental ter papel e caneta à mão, pois você deve colocar suas ideias no papel de próprio punho – por isso, nada de computador ou tablet.

  1. Escreva assim que você acordar

Segundo a autora, o melhor momento para escrever sobre algo que te inspira ou simplesmente colocar uma ideia no papel é o momento em que você acorda. Ela recomenda que você deixe um bloquinho ao lado da cama para sempre se lembrar dessa primeira do dia.

  1. Escreva sem medo

Ninguém vai ler essas anotações, então não tenha medo de escrever o que vier à mente, mesmo que pareça sem sentido, trivial ou feio. O ideal é escrever cerca de três páginas em um caderninho.

  1. Nunca publique esses escritos

Ao contrário das suas atividades profissionais ou mensagens que precisam ser revisadas, esse tipo de mensagem deve ser solto e livre, sem a intenção de publicação em um blog, por exemplo. Isso é importante para que você não tenha inibições ao soltar seus pensamentos. Se você achar tudo meio bobo, não tem problema – só você lerá esses conteúdos.

  1. Não mostre essas anotações a ninguém

Seus filhos, marido ou esposa veem suas anotações diárias e desejam vê-las? Diga não. Nem você mesmo deve ler esses conteúdos antes de oito semanas. Segundo Cameron, o ideal é guardar esses escritos em um envelope e “esquecê-los”.

Ao adotar essas medidas, com o tempo você sentirá que conseguirá se soltar mais, expor mais as ideias, seus desejos, frustrações e problemas, e perceberá como o seu dia a dia – incluindo a sua mente – ficará muito mais leve e aberto para novos desafios e aprendizados.

Compartilhe.