Quanto tempo dura um processo seletivo no Brasil e em mais 24 lugares

0

Um novo estudo mostrou que o Brasil é o país em que os processos seletivos mais demoram para acontecer: 39,6 dias, em média. O Glassdoor, o site de empregos e recrutamento mais transparente do mundo do qual o Love Mondays faz parte, comparou 25 locais para descobrir onde as entrevistas são mais rápidas ou mais lentas.

Segundo o estudo, o tempo necessário para contratar aumentou cerca de um dia em todo o mundo, passando de 22,5 dias em 2016 para 23,7 em 2017, na média.

Os processos no Brasil, na França e na Suíça são os que levam mais tempo. Enquanto na Índia, Israel e Romênia o tempo é mais curto. Nos Estados Unidos, a duração média dos processos é de 23,8 dias.

As regulamentações do mercado de trabalho podem explicar em grande parte as diferenças nos tempos de contratação. “Quanto mais demorado o processo de contratação, maior a perda de produtividade para os empregadores”, diz Dr. Andrew Chamberlain, economista-chefe do Glassdoor.

Veja o ranking completo:

  1. Brasil: 39,6 dias
  2. França: 38,9 dias
  3. Suíça: 37,6 dias
  4. Itália: 36,0 dias
  5. Bélgica: 36,0 dias
  6. Emirados Árabes: 35,8 dias
  7. Egito: 35,2 dias
  8. Espanha: 31,7 dias
  9. México: 31,2 dias
  10. Japão: 30,9 dias
  11. Alemanha: 28,5 dias
  12. Reino Unido: 27,5 dias
  13. Polônia: 25,9 dias
  14. Irlanda: 25,5 dias
  15. Holanda: 25,4 dias
  16. Cingapura: 25,4 dias
  17. China: 24,7 dias
  18. Estados Unidos: 23,8 dias
  19. Austrália: 23,3 dias
  20. Filipinas: 21,8 dias
  21. Malásia: 21,7 dias
  22. Canadá: 20,1 dias
  23. România: 19,2 dias
  24. Israel: 16,9 dias
  25. Índia: 16,1 dias

Foram consideradas mais de 84 mil avaliações de entrevistas compartilhadas no Glassdoor entre 1 de janeiro de 2017 e 13 de junho de 2017. O levantamento completo pode ser visto no site do Glassdoor.

Leia também: 5 coisas que você deve fazer antes de uma entrevista de emprego

Para demandas de imprensa, entre em contato com: imprensa@lovemondays.com.br

Compartilhe.