O Primeiro Emprego de 6 Grandes Líderes

0

O sucesso é uma incógnita. Temos uma tendência a acreditar que existe uma receita mágica para alcança-lo, ou que algumas pessoas simplesmente nasceram destinadas para o sucesso. Porém, ao observar a trajetória de vida dos grandes líderes, executivos e empreendedores, percebemos que não existe receita, mas sim caminhos, e a persistência é a principal aliada nessa caminhada.

Apesar de muitos os chamarem de “gênios”, a vida dos grandes líderes nem sempre começou com glamour, alguns deles não fizeram faculdade, começaram do zero e trilharam seus caminhos por conta própria. Portanto, se você acha que não nasceu para o sucesso, ou que está muito distante dele, confira os primeiros empregos dos grandes líderes e veja que ainda há tempo de correr atrás dos seus sonhos.

  1. Silvio Santos – Camelô

Por incrível que pareça, o grande Silvio Santos começou sua trajetória como vendedor ambulante no Rio de Janeiro. Vindo de família humilde, aos 16 anos ele teve a ideia de vender capas para título de eleitor e canetas nas ruas. Um fiscal de posturas da prefeitura carioca, ao perceber o potencial da voz de Silvio, o convidou para fazer um teste na Rádio Guanabara. Silvio conquistou o primeiro lugar no teste da rádio, ganhando de nomes como Chico Anysio e José Vasconcelos.

Hoje em dia, ele faz parte da lista de bilionários da revista Forbes, e seu patrimônio é estimado em cerca de 2,5 bilhões de reais.

  1. Oprah Winfrey – Vendedora de Mercearia

Oprah veio de uma família humilde de Nashville, nos Estados Unidos. Seu primeiro emprego, na adolescência, foi como vendedora em uma mercearia próxima à barbearia de seu pai.

Aos 16 anos Oprah conseguiu um emprego em uma rádio local, onde lia o noticiário. Hoje, ela apresenta o talk-show de maior sucesso dos Estados Unidos, e seu patrimônio é estimado em 2,4 bilhões de dólares.

  1. Mark Zuckerberg – Só teve um emprego na vida.

O primeiro emprego de Mark foi, até agora, o único. Enquanto frequentava as aulas em Harvard de chinelo e bermuda, em 2003 ele criou o Facebook e nunca chegou a terminar sua faculdade.

Hoje com 26 anos, tem uma fortuna avaliada em 4 bilhões de dólares pela revista americana Forbes.

  1. Mary Kay Ash – Vendedora de porta em porta

Mary Kay se casou aos 17 anos e teve dois filhos, uma típica mulher americana na sua época. Porém. quando seu marido foi para a segunda guerra mundial, ela começou a vender livros de porta em porta para garantir o sustento de sua família. Em 1945, quando seu marido voltou, eles se divorciaram e Mary começou a investir em seu negócio.

Ela arriscou todas as suas economias (US$ 5 mil) para lançar um negócio na área de cosméticos. Hoje seus produtos são vendidos em mais de 35 países, com mais de 2 milhões de empregados.

  1. Howard Shchultz – Operador de Xerox

O atual CEO da Starbucks tem origem humilde. Shchultz cresceu em um conjunto habitacional, mas sua vida começou a mudar quando ganhou uma bolsa de estudos na University of Northern Michigan e trabalhou em uma loja de Xerox após a graduação.

Pouco tempo depois, ele se tornou gerente de uma cafeteria Starbucks, que na época tinha apenas 60 lojas. Em 1987, tornou-se CEO e expandiu a rede para mais de 16mil pontos de vendas no mundo todo. Seu patrimônio é avaliado em aproximadamente 2 bilhões de dólares.

  1. Ralph Lauren – Balconista

Hoje bilionário, Ralph Lauren teve origem humilde, crescido no Bronx (bairro de classe baixa de Nova Iorque), vendia gravatas aos colegas para conseguir dinheiro. Depois de servir ao exército por 2 anos, trabalhou como balconista e vendedor de gravatas.

Em 1967, lançou sua própria linha de gravatas, que se tornou um sucesso. No ano seguinte, criou sua primeira linha completa de moda masculina. Hoje, sua fortuna é avaliada em 4,6 bilhões de dólares pela revista Forbes.

Compartilhe.