O que os recrutadores mais olham no currículo

0

Recrutadores de grandes empresas recebem centenas e até milhares de currículos mensalmente, o que faz com que a tarefa de selecionar bons profissionais fique mais dificultada em meio a um mar de informações e experiências. Para evitar perdas de tempo, o RH geralmente atenta às informações principais para, então, decidir se esse currículo merece ou não ser analisado e é nesse momento que você precisa “fisgar” o seu futuro empregador!

Uma prévia de um currículo dura cerca de 30 segundos – suficiente para saber se um currículo deve ser mantido ou descartado. Para garantir que seu currículo seja atraente e fique na lista do que merecem ser analisados depois, confira as dicas que selecionamos:

Especifique qual é o seu momento atual

Coloque, logo no início do currículo, qual é a sua ocupação atual – ou mais recente, se estiver desempregado. Tenha sempre em mente que dois ou três empregos mais recentes que você teve são as coisas que chamam a atenção do recrutador primeiro.

Atenção às palavras-chave

Ao bater os olhos no seu currículo, o recrutador já busca alguns termos específicos da vaga que ele precisa preencher. Se, por exemplo, você trabalha com tecnologia, termos como HTML, CSS ou WordPress devem estar inseridos no seu currículo.

Cuidado com a apresentação

Nada de encher o currículo de informações e deixá-lo poluído. Seu currículo deve ser limpo, organizado, com boa formatação e ter português impecável. Qualquer falha nesses quesitos já conta como um ponto negativo.

Invista na força dos nomes

Estudou em uma universidade de ponta, fez uma pós-graduação ou curso no exterior? Deixe essa informação o mais visível possível, pois instituições de renome saltam aos olhos dos recrutadores. Empresas famosas pelas quais você tenha passado também merecem destaque.

Proximidade da empresa

Seu endereço residencial conta muito para os recrutadores, sabia? Ele pode até ser a primeira informação que eles procuram, pois dá uma noção da viabilidade ou não de contratar o profissional, já que, geralmente, são preferidos os que não demoram muitas horas para chegar ao trabalho.

Cuidar das informações e da forma como elas são apresentadas no seu currículo pode evitar que você perca uma boa oportunidade ou seja eliminado por um simples deslize na apresentação da sua trajetória profissional. Capriche na hora de montar o seu – ele é metade do caminho para conquistar a vaga que você deseja!

Compartilhe.