Networking: Saiba como construir uma boa rede de contatos

0

Conhecer as pessoas certas e ter um bom relacionamento pode levar você a incríveis oportunidades de carreira!

Grande parte das vagas abertas em empresas, antes de serem publicadas, passam por uma etapa de recebimento de indicações e de aproveitamento interno de funcionários.

Por isso, o networking pode ser fundamental: fica muito mais fácil conseguir a oportunidade perfeita tendo conhecidos em companhias de seu interesse, que podem te avisar ou até te indicar para vagas.

No entanto, manter essa rede de contatos é um trabalho contínuo, exigindo atenção a certas regras e estratégias. Pensando em ajudar você, o Love Mondays levantou 7 boas práticas do networking. Siga lendo:

1. Pense em todos

Seu networking deve conter profissionais de todos os níveis hierárquicos. Os processos de decisão em equipes de empresas contemporâneas são mais democráticos e descentralizados, então somente se relacionar com gerentes e diretores não é mais a melhor estratégia.

Você também deve se desprender da sua área: conhecer profissionais de diferentes formações é essencial. Uma indicação não necessariamente virá de alguém que exerce funções semelhantes à sua, principalmente em empresas menores.

2. Networking é uma via de mão dupla

A ideia por trás do networking é que as pessoas possam criar relações honestas e se ajudar mutuamente. Portanto, não seja aquele que só pede e não oferece nada em troca – nem mantenha a relação só para obter alguma vantagem. Esteja atento às necessidades dos outros e se interesse genuinamente pelas pessoas, sem esperar uma retribuição imediata.

3. Use eventos a seu favor

Congressos, seminários e encontros de cunho corporativo são ocasiões perfeitas para conhecer novas pessoas e bater um papo com profissionais de diferentes empresas.

Nesses momentos, é importante deixar a timidez de lado e se esforçar para interagir. Coffee breaks e identificações em crachás são estrategicamente montados pelos organizadores de eventos para estimular o networking entre seus participantes. Aproveite essas oportunidades para iniciar conversas! (E fique tranquilo: com a prática, isso vai ficando cada vez mais fácil e natural).

4. Mantenha uma boa imagem

Se você quer ser um contato atraente para outros profissionais, é importante começar a olhar com cuidado para a imagem que promove, principalmente em suas redes sociais.

É inocência pensar que outras pessoas não irão conferir seus perfis para conhecer um pouco mais sobre você. Sendo assim, tome cuidado com conteúdos que possam ser ofensivos a outros ou negativos para a sua própria imagem.

5. Cultive os contatos

Não basta conhecer a pessoa, trocar e-mails e adicioná-la em suas redes sociais: é preciso ter uma certa constância para que esse contato não “morra”. Por isso, aproveite (ou crie) oportunidades para iniciar diálogos e compartilhar conteúdos relevantes.

6. Tenha critérios

Um networking não é uma lista de pessoas desconhecidas adicionadas em seus perfis ou uma pilha de cartões de visita em sua mesa. É sobre manter um relacionamento com profissionais de seu interesse que podem te ajudar na sua carreira, seja com o compartilhamento de aprendizados e informações ou com uma indicação para uma vaga. Dessa forma, use critérios como afinidade e relevância para esse tipo de abordagem!

7. Não seja inconveniente

Para iniciar diálogos, você deve agir com bom senso e aproveitar oportunidades coerentes. Pode ser que a pessoa com quem esteja dialogando não esteja interessada na conversa, então fique atento para indícios disso durante o papo. Jamais lote a caixa de alguém com mensagens ou spam: isso só contribuirá negativamente para sua imagem.

Compartilhe.