ME FORMEI, E AGORA?

0
O tempo passou como um flash e os anos de faculdade já estão no seu fim. Junto ao último ano, o TCC e o medo de crescer são acompanhados pela insegurança e preocupação com o primeiro emprego. A incerteza da efetivação após o fim do contrato de estágio é um dos assuntos que mais assombram a cabeça dos pré- formandos.

O mais importante é ter a certeza de que está no estágio certo para você. Alguns questionamentos básicos que devem ser feitos e te ajudarão na decisão: Gosta da empresa? Gostaria de continuar trabalhando lá? Há chances de aprendizado e crescimento? Estes são fatores fundamentais para começar uma carreira sem correr o risco de desanimar depois ou se decepcionar profissionalmente. Começar a traçar um objetivo profissional claro em sua mente é muito importante nessa fase da vida. 


Outro fator a se considerar é que a decisão da efetivação é uma via de mão dupla entre estudante e empresa. Essa decisão é tomada pela empresa por já conhecer e confiar no estagiário, além de este estar acostumado com a rotina, a cultura, os objetivos e as responsabilidades daquele local de trabalho. 

Aqui vão algumas dicas para te ajudar nessa fase de transição:

Mostre-se interessado: Uma pessoa esforçada e que está disposta a aprender e a realizar tarefas é mais apreciado do que tentar mostrar competência demais e trabalhar de menos; 

Traga novidades para a empresa: Estar inteirado em assuntos do ramo e trazer ideias novas que ajudem em seu crescimento é sempre visto com bons olhos;

Feedbacks: eles são importantes para saber como são entendidas nossas atitudes dentro do local de trabalho. Converse com seu chefe sobre isso, irá te ajudar a melhorar;

Faça-se presente: Não é porque você é estagiário que não pode tomar algumas decisões, por menores que elas sejam. Ser proativo e ter iniciativa para resolver problemas é um bom caminho para mostrar para a empresa que ela pode contar com você; 

Não existe atividade pequena ou menos importante: Leve a sério e com responsabilidade as competências que lhe foram atribuídas. Toda e qualquer tarefa exige determinação. Humildade é fundamental.

Lembre-se! postura e desempenho são os melhores aliados nesta hora. Deixe claro para seu chefe que você tem o interesse em continuar na empresa. Caso não aconteça, não desanime! Enfrente a situação com responsabilidade, pesquise as empresas que tem a ver com você e procure sempre aquela que vai fazer com que você ame as segundas.

Compartilhe.