O que pensar em diferentes fases de um processo seletivo

0

Para muitos candidatos, pode ser confuso e até um pouco frustrante entender o que se passa pela cabeça de um recrutador quando ele avalia um currículo ou exatamente o que ele está pensando sobre você durante uma entrevista. Aqui estão alguns esclarecimentos que todos gostariam de saber sobre quem está do outro lado do botão “candidate-se”.

1. Eu cliquei em “candidatar-se” e enviei meu currículo. E agora?

Depois que uma vaga é publicada, recrutadores passarão um bom tempo avaliando as candidaturas e classificando as pessoas mais qualificadas para a próxima etapa, que pode ser entrevista pessoal, por telefone ou até tarefas enviadas por e-mail. Depois de muitas discussões com a equipe e mais algumas etapas, o candidato mais capacitado conforme as necessidades para a posição é escolhido.

2. Eu pensei que fui bem na entrevista, mas não consegui o emprego. O que aconteceu?

Falhar no processo seletivo não necessariamente significa um mau desempenho. É possível que você tenha se saído muito bem, mas alguém mais qualificado acabou ficando com a vaga. Leve isso para o lado positivo tentando entender por quais razões você não está no melhor momento para aquele emprego, encarando quais são seus pontos pessoais e profissionais a serem desenvolvidos para uma melhor performance nos próximos processos seletivos.

3. É uma má ideia candidatar-se várias vezes para a mesma empresa?

Definitivamente não é uma má ideia. Ao inscrever-se diversas vezes para a mesma empresa, você estará mostrando aos recrutadores seu interesse em participar e todo seu engajamento com a organização. O ponto é mostrar a cada tentativa quais novidades existem em seu portfólio de conhecimentos e o que você tem feito nesse tempo para se qualificar  

Não necessariamente é preciso apresentar grandes mudanças em sua carreira a cada novo processo, mas tente mostrar sua evolução. 

4. Por que o recrutador não me ofereceu feedback após uma entrevista?

A questão é tempo. Oferecer feedback para um grande número de candidatos exige um desdobramento que pode ser impossível para equipes enxutas. Na maioria das vezes não é má vontade ou negligência por parte da empresa, muito menos um problema pessoal.

Por mais que não seja o cenário ideal, vale a pena o candidato enviar um e-mail para o recrutador pedindo um feedback sobre seu desempenho no processo.

5. Eu tinha uma entrevista marcada para daqui dois dias, mas ela foi remarcada para daqui duas semana. Isso é um sinal ruim?

Não necessariamente. Muitas indústrias passam por frequentes emergências que abalam toda a agenda. Se sua entrevista foi remarcada uma ou duas vezes, provavelmente o problema é realmente a agenda. Cinco ou quatro vezes pode ser um sinal de que o recrutador ou empresa é um tanto desorganizada.

Compartilhe.