Existe uma hora certa para pedir demissão?

0

Você está cansado do seu trabalho, sente que não tem mais espaço para crescer e tem pavor de segundas-feiras? Caso todas as respostas sejam sim e você ache que a única saída é pedir demissão, preparamos uma listinha com sete aspectos para você avaliar antes de tomar a decisão final.

1. Você não está progredindo na empresa

Sua carreira deve andar, seja para cima, com uma promoção, ou com novos aprendizados e habilidades, que melhorarão características que você já tem. Independentemente de suas preferências ou visão, é importante que você vivencie um momento de progresso, caso contrário é sinal de que sua carreira está estagnada.

2. O futuro da empresa em que você trabalha é nebuloso

Todas as companhias enfrentam momentos bons e ruins, porém, se uma situação negativa não tem perspectiva de melhorar, deixar o barco antes que ele afunde pode ser uma boa ideia. Fique atento se a empresa em que você trabalha está demitindo cada vez mais, os resultados não são positivos e não existem movimentos para se reinventar e voltar a crescer. Nesse caso, o melhor a se fazer é procurar uma nova oportunidade.

3. Você não respeita o seu chefe

Você não tem uma liderança que te inspire e te motive, ou pior, você e seu chefe estão em conflito constante. Nessa situação fica difícil aprender, então saiba que: bons chefes são difíceis de se encontrar e todas as pessoas têm algo para nos ensinar. Avalie se você está aberto para aprender ou se vale mais a pena abrir seu próprio negócio e ser seu próprio chefe.

4. Você é subestimado

Isso não se resume apenas a salário, que, claro, é um ponto importante. Engloba situações em que você não tem seu trabalho reconhecido ou ele simplesmente não é apreciado. Seu chefe e colegas de trabalho devem ver você como uma parte do time e reconhecer quando você fizer um trabalho excelente. Se isso não acontece com você, dê-se a chance de conquistar uma posição em que você seja valorizado.

5. Você não ama seu trabalho

Você dificilmente terá um trabalho que te faça sorrir todos os dias. Sempre haverá dias de estresse ou em que você não gostaria de ir trabalhar, porém você precisa se motivar de alguma forma para continuar. Se você está insatisfeito e não tem interesse real em seu trabalho é hora de procurar novos desafios.

6. Você não se adequa à cultura da empresa

A cultura de uma empresa pode melhorar ou quebrar sua experiência de trabalho. Quando você está alinhado ao tom, às atitudes e ao comportamento padrão do local em que você trabalha tudo parece mais fácil e você conseguirá trabalhar de uma forma melhor. Caso seus valores não batam com os valores da empresa você jamais terá sucesso nesse local, a não ser que você tenha o poder de alterar a cultura da companhia.

7. Você almeja outra coisa

Esse é o sinal mais claro e mais ignorado de que você precisa pedir demissão. Pense sobre o que você realmente gostaria de estar fazendo agora e avalie se seria possível concretizar isso no seu atual trabalho. É óbvio que estabilidade é importante, mas não vale sacrificar a sua felicidade. Arrisque-se e vá atrás do que é importante para você!

Tenha em mente que pedir demissão não deve a sua primeira opção. Na hora de tomar essa decisão é importante refletir com calma e analisar se apenas um fator dos citados acima está te incomodando. Lembre-se de que todo trabalho tem partes ruins e mais complicadas, mas, se você detectar mais de dois aspectos dos citados acima no seu dia a dia, então você provavelmente esgotou seu tempo de permanência na companhia e é hora de buscar novos horizontes.

Compartilhe.