Entrevista de emprego: 5 dicas para se sair bem em perguntas comportamentais

0

Conte-me mais sobre você. Por que você quer trabalhar aqui? Quais são os seus pontos fortes e fracos? Precisou pensar muito e ainda nem conseguiu pensar em uma resposta? Você pode ter passado por dezenas de entrevistas de emprego e, mesmo assim, existe um tipo de pergunta que ainda deixa a sensação de que você não está totalmente preparado: as comportamentais.

Em geral, questões de entrevistas de emprego não são fáceis, mas perguntas comportamentais podem ser ainda mais complexas, já que exigem que você relembre momentos específicos da trajetória profissional e podem ser o tipo mais difícil de responder de forma precisa.

Para te ajudar, listamos algumas dicas inspiradas no artigo 50 perguntas que você ainda vai ouvir em uma entrevista de emprego para você se preparar e arrasar na sua próxima entrevista!

Confira:

  1. Conte sobre uma conquista da qual você se orgulha

Resista à tentação de falar sobre aquele 10 da faculdade. Para se sair realmente bem em uma pergunta como essa, você deve compartilhar uma história que seja o mais próxima possível da vaga para a qual você está sendo entrevistado, mostrando os melhores cases de suas habilidades e abordagem de trabalho.

Descreva uma situação em que houve um problema e como você agiu para contornar a situação, compartilhando os resultados da solução que você trouxe para a empresa.

2. Fale sobre uma vez em que você cometeu um erro

Uma das armadilhas mais antigas para candidatos é responder a esta pergunta com um “erro” que é, na verdade, uma característica positiva, como “eu trabalho muito” ou “eu me importo demais”. Ao mesmo tempo, porém, você deve evitar falar de um erro grave.

Tentar se esquivar da pergunta ou dar um exemplo que acaba passando uma impressão negativa são problemas comuns. Nesse caso, você pode tentar pensar sobre algo que aconteceu há muito tempo atrás e, mais importante, focar nas lições que tirou da situação e como você se certificou de não cometer o mesmo erro de novo.

3. Conte como você lidou com uma situação difícil

Quando estiver respondendo a uma pergunta como essa, esteja certo de não culpar outras pessoas, seja qual for a situação. Mesmo que outras pessoas tenham mesmo sido culpadas da situação, você não quer passar a impressão de não ter espírito de equipe ou não ser responsável pelo seu trabalho.

Mantenha o foco em você e descreva a situação de uma forma natural. Fique longe de exemplos que incluem chefes ou colegas difíceis de trabalhar: apesar de muitos de nós já temos tido alguma experiência do tipo, o entrevistador não tem certeza de que você agiu corretamente ou se está apenas projetando suas falhas em outras pessoas.

Por exemplo: você pode dizer que enfrentou algumas dificuldade ao tocar um projeto com um orçamento apertado e como você fez para superar esse obstáculo. Para a sua história ter um impacto maior, descreva o porquê da situação ser tão difícil: quanto maior o problema que você resolveu, maior será o seu impacto.

4. Conte sobre uma situação na qual você discordou do seu chefe

Mais uma vez, culpar ou falar mal de alguém não é o melhor caminho a seguir. Isso só vai fazer com que você manche a sua imagem. Você pode até mesmo acabar falando mal do seu chefe para alguém que o conhece. Já pensou?

O impasse é explicar como discordar do seu chefe fez com que você tomasse uma iniciativa positiva, colocando os objetivos da empresa acima de qualquer frustração. Tente demonstrar que independente da situação, você e o seu chefe mantinham ou mantém uma relação saudável.

5. Conte sobre alguma experiência em liderança

Não caia nessa de apenas listar todas as experiências de liderança que você já teve. Pense sobre as que realmente fizeram diferença. Todos podem alcançar um cargo de gerência ou um trabalho voluntário, mas a real liderança é mensurada pelo impacto.

Evite dar exemplos de uma liderança temporária em que você foi praticamente forçado a aceitar. Pode parecer que você é relutante em aceitar novos desafios e responsabilidades. Você precisa demonstrar a sua habilidade de consolidar um time harmonioso e criar um relacionamento de trabalho positivo entre as pessoas que você lidera.

E, claro, o trabalho da equipe deve levar a bons resultados., afinal, um líder é alguém disposto a demonstrar a habilidade de fazer outros quererem fazer parte e seguir a mesma direção que o time está caminhando. Pense em um exemplo em que você influenciou colegas de trabalho ou pessoas que reportavam diretamente para você a embarcar em uma ideia que foi bem sucedida.

Leia também: 5 coisas que você deve fazer antes de uma entrevista de emprego, as 10 melhores empresas para fazer uma entrevista de emprego e 6 perguntas que você nunca deve fazer em uma entrevista de emprego

**Este artigo foi inspirado em 6 Anecdotes You Need to Rehearse Before Your Next Interview, do Glassdoor, grupo do qual o Love Mondays faz parte.

Compartilhe.