entenda os fatores que influenciam a motivação no trabalho.

0
 “Trabalhe com o que ama e não terá que trabalhar um único dia da sua vida”. Este ditado pode ser antigo, mas a percepção de se trabalhar com o que gosta é muito atual. Até algumas gerações passadas, o trabalho era uma obrigação irremediável, para se garantir o sustento, e apenas isso. Hoje, ele não é mais visto apenas como uma fonte de renda, mas uma fonte de satisfação pessoal, realização, crescimento individual e também de prazer. Mas o que mantém um profissional motivado?
A motivação é um estado psíquico de apetite ou repulsa por algo. O conceito de motivação está relacionado aos estados de bem estar ou sofrimento psicológico. Ou seja, uma pessoa pode ser motivada positiva ou negativamente. Alguns exemplos de motivação positiva seriam a promessa de prazer ou recompensa, ou o sentimento de “dever”. Além disso, a motivação pode ter origem em fatores internos (intrínseca) ou externos (extrínseca).

Algumas pessoas podem se sentir motivadas pela sensação de “dever cumprido”, outras, por acreditar que estão contribuindo de alguma forma para sociedade com o seu trabalho, pelo reconhecimento e status de sua função, por amor à empresa, pela necessidade de superar desafios ou pelo simples prazer da prática da profissão.


Logo, como cada um de nós tem desejos e necessidades diferentes, podemos nos sentir motivados internamente pelo nosso amor à determinada função, mas também precisamos de fatores externos, como o tipo de ambiente de trabalho e a organização (no caso a empresa) em que trabalhamos. Nos sentimos amplamente motivados quando encontramos o equilíbrio entre nossas necessidades intrínsecas e extrínsecas. Há profissionais que se sentem mais motivados trabalhando em um ambiente competitivo, outros preferem ambientes mais leves e com pouca pressão, alguns gostam da formalidade, outros da descontração, alguns dentro de escritórios e outros ao ar-livre.

Quando o profissional encontra sentido em seu trabalho, ele gera significado, orientação e coerência; Além de evitar o sofrimento e o esgotamento psíquico. Caso a pessoa se sinta motivada negativamente, seu trabalho pode se tornar maçante e virar sinônimo de desconforto, podendo até mesmo levar o indivíduo ao desgaste físico e mental, acarretando em futuros problemas de saúde relacionados ao stress.

 Portanto é essencial, não apenas descobrir uma vocação e trabalhar com aquilo que se ama, mas também encontrar o ambiente ideal, onde suas necessidades extrínsecas sejam compreendidas. Busque sempre trabalhar em um ambiente onde a cultura e os valores da empresa se encaixam com a sua personalidade, e sinta-se motivado.

Compartilhe.