As empresas e os setores mais buscados por Millennials X profissionais acima de 45 anos

0

Fizemos um levantamento para identificar as empresas e os setores mais buscados por dois tipos de usuários da nossa plataforma: os Millennials e os veteranos, com mais de 45 anos. Foram avaliados os acessos feitos nos últimos 12 meses. O nosso site recebe 2 milhões de visitas mensalmente.

Para chegar ao resultado, selecionamos as 10 empresas mais acessadas pelos dois públicos. No recorte de setores, foram considerados os setores correspondentes às 200 primeiras empresas da lista.

Os profissionais mais experientes têm mais interesse em trabalhar com Governo, ONGs e Associações, Bens de Consumo e Serviços Financeiros. Por outro lado, os mais jovens acessaram mais as páginas dos setores de Serviços Financeiros, Tecnologia e Telecomunicações e Bens de Consumo.

“O setor mais buscado pelos profissionais acima de 45 anos é o que engloba empresas públicas, ONGs e Associações. Isso é um reflexo do momento ecônomico em que esses profissionais começaram suas carreiras, em que o concurso público estava entre as primeiras opções de trabalho. Por outro lado, os Millennials viram a economia decolar e isso desperta o interesse em empresas com um perfil mais competitivo, como os setores de Serviços Financeiros e Tecnologia”,  diz Luciana Caletti, CEO e cofundadora do Love Mondays.

Apesar das diferenças entre os perfis e as experiências destes profissionais, Itaú Unibanco e Ambev aparecem nos primeiros lugares para os dois públicos, mas em posições diferentes. Para os mais jovens, Itaú Unibanco, Ambev e PwC são, nesta ordem, as três primeiras colocadas. “Independentemente da pessoa ou da sua idade, relevante mesmo é a conexão dos valores pessoais dos colaboradores com os valores da instituição”, diz Valeria Marreto, diretora de RH do Itaú Unibanco.

Os profissionais acima de 45 anos acessam mais Ambev, Itaú Unibanco e Grupo Julio Simões Logística (JSL), respectivamente. “As pessoas com mais experiência enxergam aqui uma empresa com bases sólidas, que investe continuamente nos seus funcionários”, afirma Fabíola Higashi Overrath, diretora de desenvolvimento de gente da Ambev.

Confira a seguir as empresas e os setores mais buscados por Millennials e profissionais acima de 45 anos:

Compartilhe.