Dúvida entre ganhar mais e ser feliz no trabalho? A gente te ajuda

0

Muitos profissionais crescem entendendo que o salário é o principal e talvez único indicativo de sucesso profissional. A sensação de estar sendo deixado para trás quando os amigos recebem mais, por exemplo, atinge muita gente ao longo da vida. Mas será que o salário realmente define a satisfação profissional?

Com o tempo, fica mais fácil entender que a remuneração é somente um dos vários elementos que servem para medir uma carreira de sucesso. A satisfação, no fim das contas, é também baseada em fatores como cultura da empresa, pessoas, benefícios e desafios.

Claro que nem tudo é tão simples e pode ser que uma alta remuneração seja a chave de sua felicidade no trabalho ou simplesmente seu momento de vida exija um salário mais competitivo. O mais importante é conhecer seus valores e o que te move, para encontrar o equilíbrio ideal para você. Veja nossas dicas!

Qual é o contexto?

Existem vários fatores que influenciam a remuneração de um profissional como o setor, conhecimentos e habilidades competitivas, momento financeiro da empresa e oportunidades. Tente entender se seu salário está estagnado e o quanto isso tem a ver com o seu desempenho ou com fatores externos, como uma crise de mercado.

Se você busca formas de aumentar o seu salário hoje, considere investir em cursos e estudos para conseguir novos conhecimentos. Você também pode pensar em ter conversas francas com seu gestor sobre um aumento.

O que te faz feliz?

A satisfação profissional é uma construção de elementos positivos no dia a dia do trabalho. Considere daqui para frente levar em conta fatores como a cultura da empresa, o clima no escritório, oportunidades de crescimento e benefícios oferecidos como coisas tão importantes quanto a remuneração em suas decisões de carreira.

Lembre-se de que existe a empresa ideal para cada um em cada momento de carreira. Além disso, é importante acreditar no trabalho que você desenvolve para amar as segundas-feiras! <3

Compartilhe.