Duas das empresas mais amadas pelos funcionários contam o que faz delas ótimos lugares para se trabalhar

0

Takeda e Concentrix fazem bonito como empregadoras. É o que dizem seus funcionários nos depoimentos postados no Love Mondays, que fizeram da Takeda a primeira do ranking 2015 da plataforma e da Concentrix uma das mais bem colocadas.

Veronika Falconer, Diretora Executiva de Recursos Humanos e Comunicação da Takeda para o Brasil e América Latina e Gilberto Martelli, Diretor de Recursos Humanos da Concentrix no Brasil, dividiram conosco algumas ideias sobre o que faz as empresas em que trabalham serem tão bem avaliadas pelos funcionários.

Propósito na prática

“Na Concentrix, nosso valor número um é o foco em nossos colaboradores e clientes. Buscamos valorizar as pessoas e investimos no futuro, na carreira. Essa valorização começa na primeira experiência do candidato em nosso processo seletivo, na nossa preocupação em gerar um ambiente de trabalho descontraído e estende-se à nossa completa plataforma de treinamento para a formação de nossos funcionários e líderes”, diz Gilberto. A Takeda também alinha firmemente seu propósito à filosofia de gestão de pessoas. “Em linha com o nosso propósito de oferecer uma saúde melhor e um futuro mais brilhante para as pessoas, acreditamos verdadeiramente que as elas são o ativo mais importante para nossa empresa. Ela é feita de e para pessoas”, diz Veronika.

Clima: além da pesquisa

Duas vezes por ano, a Concentrix promove uma pesquisa de satisfação de funcionários, mas Gilberto conta que ela é apenas uma parte do retrato do clima na empresa. “Encorajamos os líderes a dialogar constantemente com os colaboradores. Além de monitorar os indicadores de satisfação da equipe, criando planos de ação com todos os gestores, avaliamos outros indicadores que estão relacionados ao nível de engajamento, como a vontade de permanecer na empresa nos próximos anos e indicação de amigos e conhecidos para trabalhar na Concentrix.”

Olhar além dos indicadores também é realidade na Takeda. “Contamos com dois mecanismos para sentirmos a real temperatura do clima interno: os Business Partners de RH, que estão sempre em contato com os colaboradores das diversas áreas, e o time dos Guardiões do Clima, formado por gerentes sênior de cada uma das áreas. Eles podem ouvir e relatar ruídos internos, antecipando possíveis riscos e ajudando a zelar pelo clima”, conta Veronika.

O valor do diálogo

Nas avaliações sobre a Concentrix, o diálogo aparece com frequência como um ponto forte.  “Na Concentrix existe muita transparência. Toda semana, o gerente geral se reúne com grupos de colaboradores, convidados através de método aleatório, com o objetivo ouvir e discutir sugestões.” Ainda segundo Gilberto, mais importante do que oferecer canais para o funcionário se expressar é garantir que ele tenha respostas. “Temos outros canais, como caixa de sugestões, e-mail e round tables com o RH. Em todos eles, avaliamos as sugestões e respondemos aos colaboradores sobre a viabilidade de implantação. Quando não é possível colocar algo em prática, avaliamos outras alternativas, mas também respondemos o porquê de alguma ideia não ter sido implantada.”

E por que eles, os gestores de RH, gostam de trabalhar nessas empresas?

            “Eu, pessoalmente, valorizo a autonomia. Sinto que na Takeda meus projetos e ideias viram realidade. Como existe muita clareza nas diretrizes estratégicas, fica mais fácil alinhar os projetos e encontrar engajamento na organização para que eles realmente aconteçam”, diz Veronika sobre o que a faz gostar da empresa onde trabalha. “Como a empresa é pautada em resultado, dentro do possível, sinto que é possível conciliar vida pessoal e profissional, desde que se respeitem prazos, alinhamento e qualidade. Tudo isso é muito importante para mim. Tenho mais de 20 anos de atuação em RH e sei que estes diferenciais estão presentes em poucas empresas.”

Sobre a Concentrix, Gilberto destaca o que mais gosta: “O ambiente é dinâmico e desafiador, principalmente por toda atenção e respeito à diversidade em todos os seus aspectos. É  um lugar onde estou realizando a minha crença de servir as pessoas e, com elas, deixar um legado. Minhas ideias são ouvidas e tenho autonomia para implantar a maioria delas.”

 

>> O ranking das 50 empresas mais amadas no Love Mondays 2017 sairá em janeiro. Fique de olho e descubra quais são as novas empresas mais bem avaliadas pelos funcionários!

Compartilhe.