4 dicas para se sair bem na segunda entrevista de emprego

0

Se você conseguiu passar para a próxima fase de um processo seletivo e vai realizar uma segunda entrevista no mesmo lugar, parabéns! Isso significa que você tem as habilidades e características necessárias para ser o candidato ideal. Mas, antes de se imaginar em sua nova cadeira, é hora de preparar a sua próxima estratégia. Afinal, o jogo apenas começou.

Geralmente, uma segunda entrevista significa uma oportunidade para os recrutadores terem uma conversa mais detalhada com cada um dos candidatos antes de tomar uma decisão final. É pensando nisso que você deve ficar atento para exibir, da melhor forma possível, o profissional que você é.

Organizamos quatro dicas para você se sair bem na segunda entrevista de emprego e conquistar o emprego desejado. Confira:

1- Mostre o seu entusiasmo

Falando sobre inteligência emocional, o entusiasmo é um componente essencial que deve existir em seu discurso, já que promove conexão interpessoal entre você e o recrutador.

Se você estiver realmente interessado na vaga, não tenha medo de mostrar. Comente sobre os pontos positivos que observou durante a primeira entrevista. Curtiu o modelo de negócio? Identificou-se com a cultura da empresa? O time parece ser super engajado? Deixe o recrutador saber o que realmente te atrai na proposta. Mas lembre-se de segurar a ansiedade, ok?

Conheça 5 atitudes que deixam os recrutadores apavorados

2- Encontre o ângulo certo

Uma segunda entrevista é também uma oportunidade de mostrar o quanto o seu perfil e suas habilidades combinam com a vaga. Por isso, é importante que você pense bem a respeito das suas experiências anteriores. Talvez ter trabalhado em uma startup tenha sido útil para desenvolver liderança, ou a empresa multinacional tenha te ajudado a exercitar o inglês. Encontrar o ângulo certo, como ao tirar uma fotografia, envolve olhar seu currículo mais a fundo e destacar os pontos que te tornam um forte competidor nessa disputa.

Descubra quais são as 50 perguntas de entrevista de emprego mais comuns

3- Exemplos de habilidades técnicas e comportamentais

Pense na descrição da vaga de emprego como uma “lista de desejos” do candidato ideal e use-a como uma espécie de guia. Primeiro, liste as principais responsabilidades e pré-requisitos. Em seguida, pense em exemplos práticos para cada item e não se esqueça de que o recrutador procura um perfil específico, então, habilidades comportamentais não devem ficar de fora!

Veja 5 dicas para se sair bem em perguntas comportamentais 

4- Conheça sua pretensão salarial

Faça uma pesquisa e esteja bem informado sobre quanto o mercado de trabalho está disposto a pagar para um profissional com as suas qualificações. É importante que você esteja preparado para uma negociação salarial a qualquer momento durante a entrevista. Conhecer sua pretensão salarial te ajuda a passar uma impressão de segurança e, consequentemente, aumenta suas chances de conseguir o que deseja. 

Para te ajudar no processo de escolha da sua pretensão salarial, você pode realizar uma pesquisa em nosso site sobre quanto as empresas pagam para seu cargo em empresas semelhantes ou em sua cidade. O Love Mondays reúne mais de 1,9 milhão de avaliações de ambientes de trabalho, processos seletivos e benefícios e salários publicados de maneira espontânea por profissionais como você. Acesse!

Compartilhe.