Série Emprego Novo – Parte 1: Descubra o seu perfil profissional e comece 2016 no rumo certo!

0

Um novo ano começou e, com ele, chegam mais desafios, objetivos e metas para esse período, que pode representar a sua entrada no mercado de trabalho, uma mudança de emprego ou, ainda, de carreira. Algumas pessoas têm certeza do que desejam e sabem os caminhos exatos a traçar para conquistar determinado objetivo, porém, se você está com a maioria, ou seja, não sabe bem o qual caminho trilhar e nem o que lhe agrada mais, chegou a hora de avaliar o seu perfil profissional!

Há variados tipos de perfis, começando pelo conservador, passando pelo moderado e chegando ao agressivo, além das variantes Geração X e Geração Y, que são termos cada vez mais utilizados no ambiente de trabalho. Para descobrir como você no ambiente de trabalho vale fazer testes de perfil profissional (confira alguns testes de perfil no site da EXAME ), que te darão um norte sobre o melhor rumo para tomar na carreira, porém, é extremamente importante saber quem você é, quais são seus pontos fortes, fracos, o que deseja e quais resultados é capaz de entregar.

Seja você um profissional já estabelecido no mercado ou um recém-formado em busca da primeira oportunidade de carreira, é muito importante, independentemente do seu perfil, ser uma pessoa segura, que se adeque ao perfil da empresa e gere lucros. O profissional que consegue se adaptar às dificuldades e assumir essas características sem, no entanto, perder a sua essência, tem tudo para ter sucesso na área que escolher.

Um processo que dá muito certo para quem já está no mercado de trabalho e deseja reconhecer o seu perfil profissional é fazer uma análise de si mesmo, pensando no que você agrega ao time, do que os colegas de trabalho mais reclamam em relação a você, o que você já conquistou, do que não gosta, etc. Fazendo isso você encontrará muitas respostas, que poderão nortear o seu caminho rumo a uma outra posição na própria empresa ou vaga em outra companhia. Avalie também como você reage diante de desafios ou situações inesperadas e veja se você é uma pessoa que gosta de correr riscos ou prefere uma posição mais confortável para, então, selecionar as melhores oportunidades para você.

 

Descrevendo o seu perfil profissional da melhor forma

Ao se candidatar a uma vaga de emprego, é quase obrigatório preencher um formulário que pede uma descrição do seu perfil profissional e, nessa hora, muitas pessoas costumam se atrapalhar e escrever mais do que devem, o que pode prejudicá-las em um processo seletivo. A seguir, nós, do Love Mondays, te contamos o que não deve ser inserido em um perfil profissional. Acompanhe:

  • Não utilize clichês, citando qualidades como “sou muito comunicativo”, “sou perfeccionista”, “profissional proativo”, etc. Na hora de se descrever, fale sobre você de uma forma original e criativa, sem apelar para o “lugar comum”;
  • Nunca minta. Informações falsas podem ser facilmente descobertas e, se isso acontecer, você perderá a vaga e ainda terá sua imagem profissional arranhada;
  • Mantenha um foco determinado e nunca diga “posso trabalhar em qualquer setor da empresa”, pois isso passa a imagem de que você está desesperado por uma vaga e não sabe exatamente o que quer.

Conhecer a si mesmo é uma vantagem imensa em qualquer processo seletivo e, por isso, é fundamental que você descubra exatamente que tipo de profissional é e o que deseja alcançar com o seu trabalho. Voltar alguns minutos ou horas para fazer uma autoanálise renderá excelentes resultados neste ano, pode acreditar!

Compartilhe.