Boato de demissão em massa? Veja como se destacar e garantir seu emprego

0

Sabe quando a empresa inteira está em clima de tensão por conta de um boato de demissão em massa? Com os cortes nos gastos e remanejamento de funcionários essa situação tem sido cada vez mais comum nas companhias e deixa os colaboradores assustados, porém, se você tomar as atitudes corretas é possível se destacar, até nesse momento difícil, e ser mantido no quadro de funcionários.

Embora, em algumas ocasiões, esse boato não vá para frente, em alguns casos ele pode realmente ser verdadeiro, porém não há motivo para pânico! O Love Mondays sabe da importância de ter satisfação no trabalho, e de como ele é vital para uma pessoa e, por isso, te dá algumas dicas para não ser vítima do corte em massa ou, em último caso, fazer uma transição para outro emprego da forma mais tranquila possível. Confira:

1.Prove seu valor (e deixe seu chefe saber disso)

Não há momento mais indicado para mostrar que você vale o quanto ganha do que um momento de crise. A melhor forma de aliviar o clima pesado na empresa e mostrar que você deve ser mantido no quadro de funcionários é garantir que tudo corra do melhor jeito possível, cumprindo prazos e entregando seu trabalho com qualidade. É bem visto pela empresa, ainda, aceitar trabalhos extras – especialmente os que deixarem a vida do seu chefe mais fácil.

Apesar do seu esforço, de nada adianta se empenhar tanto se isso não for notado, certo? Por isso, se você tiver reuniões frequentes com seu chefe, conte a ele sobre o que está fazendo e como está contribuindo com o sucesso da empresa, caso ele precise justificar à diretoria a sua manutenção na companhia.

2.Fique longe de conversas negativas

É inevitável que, diante de um possível corte de funcionários, o clima na empresa fique pesado e as pessoas adotem um tom mais negativo em suas conversas. O nível de estresse de todos estará lá em cima e, por isso, ficar longe de conversas “baixo astral” é a melhor saída para se manter produtivo e estimulado no trabalho. Discutir possíveis cortes só te deixará mais ansioso, pode acreditar.

Nem pense também em ficar perguntando sobre a situação ao seu chefe. Ele talvez não saiba exatamente o que está acontecendo ou não possa abrir a situação aos colaboradores. Nesse momento, evite criar situações desagradáveis e constrangedoras e seja o mais discreto possível.

3.Esteja preparado

É importante se preparar para o cenário mais desastroso. Mas tenha calma! Isso não significa que você deve retirar todos os seus pertences do escritório, entregar seu apartamento e se mudar para a casa dos seus pais. Porém, você deve refletir sobre o que faria se fosse desligado da empresa e listar ações para se recolocar no mercado o quanto antes. Saber que você tem planos B, C ou D te deixará mais tranquilo para enfrentar qualquer situação que se apresente.Uma dica para esses momentos tensos é atualizar seu perfil no LinkedIn, além de outras redes sociais. Procure se associar a pessoas que podem te dar uma oportunidade caso você necessite de outro emprego. Portfólios online também são excelentes ferramentas para divulgar o seu trabalho, além de cursos pela internet, que podem te atualizar em relação a algumas práticas novas da área em que você atua.

Cortes financeiros são desagradáveis, porém necessários nessas horas. Até que seu trabalho fique estável novamente é recomendável cortar supérfluos e grandes despesas. Assim, se o pior acontecer, você não ficará em apuros na hora de pagar as contas.

Diversos aspectos são levados em consideração quando uma empresa está em um processo de corte de funcionários. Você não tem o controle sobre todos eles, porém pode utilizar suas habilidades e seu relacionamento com os outros para tirar vantagem desse momento. Com um bom trabalho e algumas iniciativas você manterá seu trabalho nessa fase difícil. O importante é enfrentar a situação de frente. Boa sorte!

Compartilhe.