Conhecer uma ou mais línguas ajuda a impulsionar sua carreira. Entenda o porquê

0
No dia a dia do trabalho, é comum ter que conversar com pessoas, preparar relatorias, ler instruções e ter contato com pessoas de outro país e, para isso, é preciso ter um outro idioma na ponta da língua, não é mesmo? O grande problema, aqui, é que a grande parte dos profissionais apenas “arranha” em outro idioma e acha que isso será suficiente em sua carreira. Se você pensa assim, pode estar enganado.

Uma coisa é “conhecer” outro idioma outra coisa é “dominar” outro idioma. É claro que ninguém precisa falar fluentemente e sem erros, mas enrolar na hora de conversar com um superior estrangeiro definitivamente não pega bem. Atualmente, o inglês ainda é o idioma base que as empresas buscam em um candidato a uma vaga, seguido do espanhol. 
Há pessoas que conseguem conciliar o aprendizado de mais de um idioma ao mesmo tempo, na maioria das vezes para ganhar tempo, porém nem sempre essa é a melhor opção. Recomenda-se que cada idioma seja aprendido a seu tempo. Assim, pode-se retê-lo melhor. Segundo uma pesquisa do Centro Público de Pesquisa em Saúde (CRP-Santé), de Luxemburgo, pessoas que falam mais de dois idiomas apresentam menos risco de desenvolver problemas de memória, sabia?

Profissionais que lidam com tecnologia são os que mais precisam do inglês como ferramenta de trabalho. A indústria do turismo também exige o conhecimento de outras línguas. O que antes era um diferencial é, hoje ,um item básico no currículo de qualquer profissional e uma exigência do mercado. 

Outro benefício de falar mais de um idioma, além de exercitar seu cérebro, é a capacidade de pensar com mais flexibilidade e perspectiva para resolver problemas e encontrar soluções. Você abre sua mente e raciocina de uma forma muito melhor.

E você? Está esperando o que para aprender mais uma língua? Mãos à obra!



 

Compartilhe.