Como complementar a renda em momentos de crise?

0

“Períodos de crise são extraordinários para o sucesso de marcas menos conhecidas. Enquanto elas ganham terreno, as líderes perdem.” Essa frase, dita pelo empresário Abílio Diniz, resume bem a oportunidade que as empresas precisam enxergar nos momentos mais complicados, como o vivido atualmente pelo Brasil. Essa visão, que busca extrair sempre o melhor, independentemente da situação econômica do País, também se aplica ao universo de trabalho e a você, profissional.

Diante do aumento do número de contas a pagar, da redução de vagas de empregos e até de salários, muitos profissionais se viram obrigados a fazer os conhecidos “bicos” para conseguirem uma renda extra. Se você está pensando em adotar essa solução, há inúmeras formas de complementar a renda utilizando os conhecimentos que você já tem, sabia? Confira, a seguir, algumas maneiras de atravessar a crise com muita criatividade 

– Crie um blog ou um site e atraia anúncios

A onda de blogueiros nunca esteve tão alta! Sabia que, dependendo do número de acessos, você pode conseguir muito dinheiro com anúncios? Você pode utilizar os seus conhecimentos na área em que atua para falar sobre tendências, dar dicas, mostrar inspirações ou, até mesmo, publicar seus poemas, desenhos, reflexões sobre a vida e muito mais! Se você não souber como atrair anúncios, há empresas que encontram esses patrocinadores para você e cobram uma porcentagem do valor pago pelo anunciante.

– Ministre palestras

Todas as pessoas têm histórias para contar. Desde alguém que frita pastéis na feira até ex-ministros. Se você for uma pessoa comunicativa e que consiga prender a atenção das pessoas, não será difícil conseguir algumas palestras – remuneradas – para dar. Há, inclusive, empresas que oferecem treinamentos para quem deseja estrear nessa área e que te ajudam a identificar o seu público-alvo e o valor do seu cachê.

– Crie uma loja virtual

Você faz lindas peças de artesanato e não tem tempo para vendê-las ou compra roupas baratíssimas e lindas em uma determinada loja no interior, por exemplo, e gostaria de disponibilizá-las para mais pessoas? Com a criação de uma loja virtual você recebe o pedido de forma simples e prática e encaminha a peça para o cliente em questão. Alguns profissionais, inclusive, importam peças da China e já colocam o endereço do comprador no pedido. Dessa forma, você não tem nem o trabalho de postar a compra. Apenas precisa informar o comprador o tempo médio de entrega e o código de rastreamento.

– Dê aulas de línguas, música ou até de culinária

Você morou alguns meses fora do Brasil? Já pensou em ensinar a língua aprendida para pessoas que necessitam de aulas de conversação? As aulas, que podem ser via Skype ou presenciais, podem ser um ótimo complemento de renda e ainda te ajudam a manter a língua viva na memória. Além de melhorar a sua oratória, ainda te ajuda a ampliar a sua habilidade de transmitir uma ideia.

Sabe aquele curso de confeitaria que você fez há vários anos e ainda não sabe como utilizar? Você pode reunir interessados em aprender essa técnica e ministrar cursos, passando para frente os conhecimentos que adquiriu. Aulas de violão, piano ou qualquer outro instrumento também te ajudam a exercer um hobby e ainda geram um dinheiro extra!

Não importa qual é o seu trabalho, nem tampouco a sua carga horária. Conseguir uma renda extra geralmente não exige muita disponibilidade de tempo e pode ser feito de maneira remota e nos momentos de folga. Avalie quais são as suas principais habilidades e como você pode extrair o melhor delas e invista nesse “plano B”, que pode representar um respiro na sua vida profissional. Sucesso nessa empreitada!

Compartilhe.