Casais que trabalham juntos: como separar o pessoal do profissional

0

Não são raros os casos em que marido e mulher trabalham na mesma empresa, dividindo responsabilidades dentro e fora do ambiente familiar. Há, ainda, os namorados, que muitas vezes têm problemas para separar o pessoal do profissional e acabam “confundindo as estações”, afinal, passar quase 24 horas juntos pode gerar desgastes na relação e confusões no ambiente de trabalho.

Para evitar que isso aconteça, é fundamental adotar algumas medidas para manter a harmonia entre o casal dentro e fora da empresa e permitir que ambos evoluam em suas carreiras. A primeira delas é conseguir passar de um papel para o outro, ou seja, não levar discussões do casal para as dependências da empresa. Casais que trabalham juntos como donos ou sócios de uma empresa devem ter definidos claramente os papéis que exercerão na companhia para que não haja competições.

Se o casal trabalhar em uma mesma empresa de terceiros, regras de hierarquia devem ser respeitadas e, é claro, não se deve trocar demonstrações de afeto em público, tratar o outro com apelidos íntimos ou coisas do tipo. Lembre-se de que, nesse local, vocês são profissionais com responsabilidades e precisam adotar uma postura séria. Se, por exemplo, a esposa for chefe e o marido subordinado a ela, mesmo que tenham brigado na noite anterior, a neutralidade deve ser mantida e o marido deve acatar os pedidos e recomendações de sua chefe e vice-versa.

Evidentemente, trabalhar junto é muito mais fácil quando o casal se dá bem em casa. Se o casal tiver muitos atritos não é recomendável que trabalhem juntos, ao passo que casais que se dão bem devem levar em conta o fato de que as relações de trabalho podem gerar conflitos até então inexistentes e que, em alguns casos, podem trazer problemas para a harmonia do casal.

Um ponto positivo para os casais que trabalham juntos é que, segundo uma pesquisa feita pelo International Stress Management do Brasil (ISMA), o relacionamento de casais que trabalham em uma mesma empresa é mais agradável, pois há mais compreensão e menos desgaste emocional. O estudo aponta que 80% dos casais entrevistados que trabalham juntos lidam melhor com as angústias e com a carga horária do companheiro.

E você? Já esteve – ou está – nessa situação? Conta pra gente!

Compartilhe.