Tenha uma carreira flexível e fuja da crise econômica

0

Desemprego, cortes, redução da jornada de trabalho… tudo isso faz parte de um cenário econômico desfavorável e que geralmente nos pega desprevenidos. Mas sabia que até nas situações de crise, como a vivida pelo Brasil atualmente, é possível extrair oportunidades de negócio?

Se você precisa complementar sua renda para ajudar pode apostar em trabalhos como freelancer ou em uma carreira flexível, que estão cada vez mais em alta no mercado. O profissional que conseguir adaptar-se à crise e vender seu conhecimento para o mercado certamente conseguirá enfrentar esse momento com mais facilidade do que aqueles que permanecerem buscando um emprego ou presos aos seus cargos em suas respectivas empresas.

Recentemente, foram divulgadas as regras do programa que permite às empresas em crise reduzir a jornada e os salários dos funcionários em troca da manutenção de seus empregos. Dessa forma, para manter os funcionários, as empresas diminuem sua carga horária, assim como seus salários. Essa pode ser uma excelente oportunidade para que esses profissionais explorem suas habilidades e aproveitem o maior tempo livre para atuarem como freelancers. Avaliando suas capacidades é possível trabalhar de uma forma paralela sem comprometer seu emprego atual.

O Love Mondays acredita que versatilidade é a palavra-chave para superar momentos difíceis. Por isso, listamos algumas dicas para que você não se abale com problemas econômicos e ainda explore suas habilidades:

Acredite nas suas capacidades
Todo mundo possui alguma habilidade pela qual as pessoas pagariam. Você pode atuar como consultor, designer, coach, especialista em marketing e muitas outras opções, de acordo com a carreira que você escolheu. O grande problema das pessoas que pretende investir em uma carreira freelancer em momentos de crise é não ter certeza de que as pessoas confiarão seu negócio a você. Acredite: conquistar os primeiros clientes pode ser difícil, mas, depois que você conseguir se estabelecer, tudo valerá a pena. O segredo de tudo está na arte de vender seu trabalho como algo que fará bem a uma empresa ou profissional.

Aprenda a “vender seu peixe”
Quando você trabalha com vendas usa todos os potenciais e qualidades de um produto para se apoiar, certo? Mas e quando você é o produto à venda? Um ponto fundamental na tarefa de atrair clientes é enxergar as oportunidades em pequenos eventos e encontros e se comunicar com potenciais clientes. Não tenha vergonha de dizer o que você faz e como pode contribuir com o seu trabalho.

Não tenha medo de perder o balanço entre sua vida pessoal e profissional
Muitas pessoas têm a ideia equivocada de que profissionais freelancers não têm horário para trabalhar e varam as noites executando projetos. Isso nem sempre é uma regra e depende de cada profissional conduzir sua carreira dessa forma ou estabelecer horários determinados para executar o seu trabalho. Mesmo trabalhando em uma empresa haverá dias em que você precisará ficar até mais tarde ou trabalhar de fim de semana para concluir alguma tarefa importante. Tenha em mente que trabalho freelancer não é sinônimo de desorganização.
Pensar “fora da caixa” é uma atitude valiosa para os momentos de crise. Lembre-se de que o bom profissional pode até ficar sem um emprego propriamente dito, mas não fica sem trabalho, pois consegue explorar suas habilidades e vender seus serviços de forma concreta e muito eficiente. Boa sorte!

Compartilhe.