Brasil, México ou Argentina? Descubra qual país tem os profissionais mais satisfeitos

0

Fizemos um levantamento para comparar a satisfação no trabalho em vários quesitos no Brasil, no México e na Argentina.

Para chegar ao resultado final, avaliamos os níveis de satisfação dos profissionais em relação a oportunidades de carreira, cultura da empresa, qualidade de vida, remuneração e benefícios e o trabalho em geral. Entre os três países, o México apresentou os melhores indíces em todos os quesitos.

O Love Mondays chegou no Brasil em 2014 e a plataforma foi lançada no México e na Argentina no começo de 2017. Ao todo, são mais de 850 mil salários e avaliações de 100 mil empresas nos três países.

“Apesar de ter os menores níveis de satisfação com oportunidades de carreira e qualidade de vida, o Brasil tem a segunda maior nota ao falar de satisfação geral. É interessante notar que, apesar de suas peculiaridades culturais, os três países apresentam notas relativamente semelhantes, com destaque para o México que saiu na frente em todos os quesitos”, diz Luciana Caletti, CEO e cofundadora do Love Mondays.

Os índices são medidos de 1 a 5, sendo 1 ‘muito insatisfeito’ e 5 ‘muito satisfeito’. No Brasil, a maior nota foi para Satisfação geral, com 3,47. No quesito satisfação com cultura da empresa, Brasil e Argentina empataram com 3,20, enquanto o México teve nota de 3,48. Em Remuneração e Benefícios, os profissionais argentinos se mostraram os menos satisfeitos, com nota de 3,16.

Confira abaixo os níveis de satisfação por quesito para cada país:

País Satisfação geral Oportunidades de carreira Cultura da empresa Qualidade de Vida Remuneração e Benefícios
Brasil 3,47 2,90 3,20 3,17 3,25
Argentina 3,45 3,00 3,20 3,19 3,16
México 3,61 3,29 3,48 3,27 3,43

 

Leia também: As empresas e os setores mais buscados por Millennials X profissionais acima de 45 anos

Para demandas de imprensa, entre em contato com imprensa@lovemondays.com.br

Compartilhe.