6 mudanças que estão transformando a busca por emprego

0

O mercado de trabalho está em constante mudança e a forma que as pessoas buscam vagas e participam de processos seletivos mudou muito nos últimos 10 anos, assim como o que empregadores procuram nos candidatos.

Pode parecer tudo muito rápido, mas vamos te ajudar a entender melhor como todas essas transformações aconteceram e, mais do que isso, como elas impactam a sua vida. Confira!

1. Ficou mais fácil achar exatamente o que você procura

Sites de procura de emprego existem há mais de 10 anos, mas as funcionalidades de filtros de busca nunca foram tão apuradas como são hoje. Essa segmentação possibilita que você perca menos tempo lendo descrições de vagas que não fazem sentido para você.

As empresas estão também mais preocupadas com a transparência. Descobrir a opinião de profissionais permite que você tome decisões de carreiras corretas ao conhecer o ambiente de trabalho antes mesmo de aceitar o trabalho. Agora você pode encontrar o emprego ideal para você de forma muito mais fácil.

2. A transparência é realmente prioridade

A tendência é implementar a transparência durante os processos seletivos para que o candidato se sinta bem informado, conseguindo acompanhar seu desempenho e desenvolvimento do começo ao fim.

Isso significa que a transparência também será cobrada de recrutadores. Você deve estar preparado para falar sobre os motivos de estar procurando um novo emprego, quais desafios encontrou no seu passado e por que se encaixa na empresa desejada.

3. Ser bem informado é crucial

Vivemos na era da informação, onde temos acesso ao conhecimentos com facilidade e velocidade jamais imaginadas. Recrutadores buscam pessoas que saibam o que está acontecendo no mercado e na empresa em que estão se candidatando. Uma pesquisa do Glassdoor descobriu que profissionais bem informados têm vantagem competitiva em processos seletivos e são vistos como potenciais contratados.

Sugerimos que você tente demonstrar essa característica desde o princípio, em seu currículo e nas primeiras entrevistas. Mostre quanto você sabe do setor em que está se candidatando!

4. A busca por emprego na palma da mão

Realmente ficou mais fácil procurar a oportunidade ideal. Isso significa que você pode buscar emprego e tomar decisões de carreira direto no celular e pode fazer isso no transporte público ou enquanto aproveita a natureza em um parque, tudo isso em cinco minutos. Essa facilidade permite que você participe de mais processos seletivos!

5. Suas habilidades importam mais que seu cargo

Quando você for enviar seu currículo, não coloque somente os títulos dos cargos que você já exerceu, mas também quais atividades-chave você desempenhou na empresa. Isso serve para que os recrutadores identifiquem com mais facilidade aquilo que você sabe fazer, aumentando as chances de prosseguir no processo.

6. Feedbacks tornaram-se mais frequentes

Você já deve ter percebido que reuniões sobre desempenho anual estão se tornando cada vez menos populares, abrindo espaço para feedbacks mais pontuais e frequentes. A ideia é trabalhar na otimização de processos de maneira mais veloz.

Durante as entrevistas, mostre que você é aberto a feedbacks e que está sempre disposto a aprender e melhorar profissionalmente.

Compartilhe.