6 atitudes que espantam os recrutadores

0

Quando os recrutadores estão em busca de um perfil ideal, eles idealizam alguém que se encaixe perfeitamente na vaga e que contribua para o sucesso da equipe. Entretanto, existem alguns padrões de comportamento que podem fazer com que até mesmo alguém com o “match” ideal acabe não sendo considerado para a vaga.  Existem atitudes – conscientes ou inconscientes – que fazem os recrutadores desistirem de te convidar para uma entrevista ou até mesmo de te oferecer uma vaga de emprego!

Confira a seguir uma lista de 7 atitudes que espantam os recrutadores:

1- Currículo com informações desconexas

Quando você se candidata para uma vaga de emprego, é vital que o seu currículo seja consistente em passar a mensagem de que você é o candidato ideal para a vaga. É por isso que alguns experts de carreira recomendam que os candidatos ajustem seus currículos exclusivamente para cada candidatura, destacando aspectos-chave de cada vaga.

O seu currículo deve convencer o profissional de RH de forma assertiva. Em média, os recrutadores levam de 6 a 7 segundos para avaliar um currículo. No fim das contas, a falta de clareza pode ser a razão dos recrutadores não te ligarem de volta.

Veja mais em 4 erros que você deve evitar no currículo e 8 palavras para nunca incluir no currículo

2- Número excessivo de candidaturas

Mesmo que você queira muito trabalhar em uma determinada empresa, resista à tentação de se candidatar para todas as vagas que você talvez se encaixe. Isso passar para os recrutadores a mensagem de que você não sabe o que quer. Se a mesma empresa estiver com diversas vagas em aberto, leia atentamente a todas as descrições e priorize suas candidaturas de acordo com as suas habilidades, experiências e formação acadêmica.

3- Ansiedade além do limite

Tudo bem você enviar um e-mail sobre um processo seletivo caso a empresa não tenha dado um retorno no prazo combinado. Mas, se você já ligou três vezes e deixou um inbox no Facebook para o recrutador, você já foi longe demais. Ficar obcecado por uma vaga de emprego não faz você parecer o candidato engajado e bem informado que a empresa sonha em contratar. Em geral, se você não teve um retorno do RH após três semanas, pode ser uma boa ideia buscar outra oportunidade.

Veja mais em 7 motivos pelos quais você não foi contratado

4- Agenda conturbada

É totalmente compreensível que sua agenda seja corrida e que imprevistos aconteçam. Mas tente se mostrar acessível para os recrutadores. Entre as atividades de um recrutador estão avaliar dezenas de currículos e candidatos a vagas de emprego. O fato de você precisar reajustar a agenda constantemente faz com que esse trabalho se torne ainda mais difícil, além de te trazer o risco de uma má reputação. Esforce-se para ser pontual e acessível.

5- Informações incompletas ou incorretas

Se você fornece informações incompletas ou incorretas em formulários de candidaturas, também pode estar afastando os recrutadores. Fornecer todas as informações necessárias ao se candidatar para uma vaga de emprego deve fazer parte da “lição de casa” tanto quanto pesquisar sobre a empresa ou ler atentamente a descrição da vaga.

Ao lidar com você como candidato, a experiência do recrutador deve ser simples e organizada. O processo seletivo também pode ser considerado uma espécie de prévia de como você é como profissional.

6- Entrevista de emprego confusa

Por último, mas não menos importante, uma experiência de entrevista confusa pode ser decisivo na tomada de decisão dos recrutadores. Ser inconsistente em entrevistas de emprego passa insegurança para os profissionais de RH. Mesmo que esse tipo de comportamento não afaste os recrutadores de forma imediata, é importante reforçar que você deve assumir uma postura consistente durante todo o processo seletivo com qualquer pessoa com a qual você tenha contato para garantir que você passe uma impressão clara e não gere dúvidas na etapa final. *

Leia também: como se tornar o candidato ideal, entrevista de emprego: 5 dicas para se sair bem em perguntas comportamentais e as 10 perguntas mais comuns em entrevistas de emprego

**Este artigo foi inspirado em 7 Ways You’re Scaring Off Recruiters do Glassdoor, empresa da qual o Love Mondays faz parte.

Compartilhe.