5 dicas que vão te ajudar a dobrar seu salário

0

Receber um aumento é sempre uma boa notícia. Mas, você já imaginou dobrar seu salário? Pode parecer uma missão impossível neste momento, mas com as dicas certas, você pode conseguir. O importante é entender em quais aspectos seu potencial de ganhar mais pode estar concentrado e investir nestes pontos.

Veja 5 passos recomendados por experts de carreira para dar um up no seu salário – em qualquer área de atuação:

  1. Tenha um plano

Você quer dobrar o seu salário nos próximos 5 anos? Coloque isso em uma lista e mantenha o foco. “Até mesmo para alguém que está no início da carreira, eu digo para ter um objetivo de longo prazo”, diz Crystal Marsh, coach de carreira e negócios para millennials. Para atingir seus objetivos você precisa olhar para frente. Avalie quanto pretende ganhar em cinco anos e trace um plano de evolução para a sua renda.

  1. Prove que é um bom investimento

Funcionários que estão motivados a se desenvolver e fazer mais dinheiro tendem a tentar de tudo, segundo Jenn DeWall, coach de vida e carreira com foco no trabalho de millennials. “A forma mais inteligente de diversificar suas habilidades é estar bem alinhado à missão da sua empresa. Se a métrica prioritária é crescer o e-commerce esse ano, assuma projetos que apoiem esse objetivo”, diz Jenn.

Quando a conversa sobre aumento ou promoção acontecer no futuro, você terá exemplos de que o seu trabalho teve impacto direto nos objetivos da empresa. Jenn diz ainda que é  ótimo trazer informações financeiras sempre que possível. O ponto crucial é ter foco em alcançar os objetivos comuns da empresa e não se distrair com projetos paralelos que não agregam nenhum valor às principais metas.

Veja mais em dicas para negociar um aumento de salário e 6 coisas que você nunca deve dizer em uma negociação de salário

  1. Continue buscando conhecimento (mesmo que não seja em um MBA)

É comum que as pessoas pensem que fazer um MBA vai automaticamente ajudá-las a subir na carreira. “Isso depende da sua área de atuação. Se você não estiver interessado naquele trabalho específico que realmente requer um MBA, talvez esse não seja um bom investimento”, diz Alexandra Levit, autora do livro “They Don’t Teach Corporative in College”.

Fazer um curso aos fins de semana ou tomar a iniciativa de conseguir uma certificação profissional pode ser uma melhor alternativa para o seu plano de carreira. E não abra mão de investir no dia a dia. “Você pode observar alguém no trabalho para saber como é a rotina de alguma área específica ou se voluntariar para gerenciar um projeto e ganhar habilidades de supervisão”, diz Alexandra.

Para descobrir qual formação uma posição no mercado requer, procure por vagas de emprego semelhantes. Por exemplo, se você é um executivo de vendas e quer ser promovido como gerente de vendas regional, leia as descrições das vagas para saber se você precisa investir em alguma especialização ou em habilidades requisitadas para o papel de gerência.

  1. Pense além da sua empresa

Você alinhou seus objetivos com os da companhia, investiu em novos projetos e fez uma lista de conquistas que mostra que você vale mais do que realmente ganha. Em um mundo ideal, o seu chefe irá concordar de coração aberto e te dar o aumento que você quer. Se isso não acontecer, saiba que não é o único. “Especialmente quando se é jovem, é mais provável que você consiga dar um salto maior indo para outra empresa”, diz Alexandra.

Se você gostaria de continuar na sua empresa, considere negociar. Você pode usar as faixas salariais do nosso site para usar como argumento na negociação. Se o seu chefe não aceitar a sua oferta, talvez seja hora de olhar ao redor.

  1. Pesquise e negocie seu salário

Use a sua pesquisa salarial como base para compreender melhor o mercado de trabalho e se sentir seguro de recusar uma proposta abaixo da média do mercado. “Você vai se sentir muito mais confiante se souber avaliar se uma oferta está ou não dentro da faixa esperada”, diz Alexandra. “Eu diria, pelo menos, chegar a um ponto médio e, em alguns casos, perto do topo. O melhor momento de negociar pode ser antes de começar um novo trabalho. Essa é a sua chance de conseguir um grande salto.”

Compartilhe.