5 dicas para influenciar a experiência do candidato

0

Os candidatos são consumidores. E como consumidores, eles são acostumados a personalização em diversos aspectos das suas vidas, desde de conexões sociais até em experiências de compra de produtos e serviços. Quando os candidatos procuram um novo emprego (uma das escolhas mais importantes que eles fazem!), eles esperam o mesmo nível de personalização em suas interações com as empresas. Eles querem saber por que eles devem colocar seu precioso tempo e energia em sua organização. Eles não se preocupam apenas com o trabalho em si, mas com a experiência e o estilo de vida que vêm com ele. Isso muda a forma como as empresas estruturam a experiência dos candidatos a vagas de empredo e a forma como as organizações comercializam sua marca e cultura para criar uma experiência de candidato relevante e direcionada.

Para criar uma experiência relevante e influenciar as ações dos candidatos ao longo de sua busca por emprego, os recrutadores precisam realmente entender as suas motivações e dúvidas.

A experiência de seus candidatos alinha-se com a experiência do consumidor em cinco etapas distintas. Conheça as cinco etapas e veja dicas profissionais para melhor influenciar os candidatos em todas elas:

Conhecimento: “Afinal, que empresa é essa?”

A capacidade de atenção do candidato é limitada e sua empresa está competindo por esta atenção com outros potenciais empregadores. Uma pesquisa da CandE descobriu que 76% dos candidatos, durante a busca por emprego, buscam informações em vários canais antes de se candidatarem. As empresas precisam estar nos canais que os seus principais candidatos usam todos os dias, envolvendo-se de maneira significativa para ganhar a sua atenção e se tornar a sua primeira opção.

Dica profissional: Para tornar sua empresa conhecida por candidatos ativos, concentre-se especificamente em canais que contenham vagas de emprego, tais como sites de vagas, portais sobre carreira e sites de nicho para alcançar os candidatos que estão atualmente à procura de posições abertas. Para os candidatos passivos, sites de avaliações de empresas e mídias sociais podem ser maneiras de chamar a atenção dos candidatos que apenas precisam de um empurrãozinho para considerar outras opções.

Consideração: “Como faço para saber mais sobre esta empresa?”

Agora o candidato começa a pesquisar todas as oportunidades que chamaram sua atenção. Você não achou que seria a única empresa que ele iria pesquisar, né?

Os candidatos mais experientes e qualificados (geralmente os que toda organização quer ter como funcionários) usarão todos os recursos disponíveis para entender mais sobre cada empresa e sua cultura, para então avaliarem se a empresa se adequa ao que estão procurando. Em média, sua pesquisa inclui 18 a 20 pontos de contato diferentes!

Dica profissional: Você quer que os profissionais que estão considerando sua empresa se candidatem, não é mesmo? Porém, na realidade, a maioria deles serão candidatos passivos. Então, o que fazer se esses profissionais ainda não estiverem prontos para se candidatar? Eles estarão perdidos para sempre? Muito provavelmente, a menos que sua empresa use outra estratégia, como um canal de e-mail com conteúdos para que eles aprendam mais sobre sua empresa, por exemplo.

Interesse: “Que ações posso tomar para mostrar o meu interesse?”

Este estágio é onde muitas organizações perdem potenciais candidatos interessados. Os profissionais acabam de dar um voto de confiança à sua empresa: ou eles se candidataram a uma vaga e estão registrados em seu banco de currículos, ou eles se inscreveram em sua newsletter para saber mais sobre sua empresa, funcionários, cultura e vagas. Eles esperam uma resposta atenciosa em troca, mas muitas vezes eles não recebem nenhum retorno ou comunicação da empresa em nenhuma etapa do processo. De acordo com o Candidate Experience Research Report de 2015, quase metade dos candidatos nunca recebem qualquer indicação do status de sua candidatura.

Dica profissional: Com uma Plataforma de Marketing de Recrutamento, as regras de automação ajudam a mover candidatos que estão conhecendo sua empresa para pipelines de talentos direcionados. Essa segmentação ajuda você a fornecer conteúdo segmentado automaticamente para os candidatos, gerando esse relacionamento até que a oportunidade de trabalho correta esteja disponível para ele. O benefício é duplo: os candidatos recebem mais comunicação da empresa e os recrutadores podem gastar mais tempo construindo relacionamentos, enquanto a automação atua como seu assistente pessoal.

Avaliação: “Você é a empresa certa para mim? Eu sou a pessoa certa para você?

Neste ponto, sua empresa sabe mais sobre o candidato do que em qualquer outro ponto e está avaliando se ele(a) se ajusta ao trabalho e à cultura. Este processo de avaliação é uma via de mão dupla. A avaliação do candidato da sua organização não se baseia apenas no processo de contratação, mas em todas as interações que eles tiveram até o momento com a sua marca empregadora, esteja você ciente disso ou não.

Dica profissional: A construção do relacionamento com os candidatos e o esforço em despertar seu interesse pela sua empresa não devem parar nessa fase! Ao longo do processo de contratação, você deve fornecer aos candidatos recursos para que eles o conheçam melhor. Você pode compartilhar vídeos, avaliações da sua empresa no Love Mondays, histórias sobre sua cultura e empregados para que os candidatos queiram, cada vez mais, trabalhar na sua empresa.

Relacionamento: “Eu tomei a decisão correta, certo?”

Ambos deram o salto: o candidato aceitou sua proposta e você ganhou um novo funcionário. É a fase de lua de mel, então você está feliz agora, mas os próximos meses são cruciais para saber se a relação será bem sucedida ou não. O onboarding é fundamental para colocar o seu novo empregado no ritmo da empresa, produzindo em um nível elevado, mas é ainda mais importante para o novo contratado sentir que a empresa está investindo para que ele seja um profissional bem sucedido.

Dica profissional: a fase de relacionamento inicial é essencial para conseguir que seus novos funcionários vistam a camisa da empresa com entusiasmo e se envolvam em seus esforços de recrutamento. Enquanto o trabalho vem em primeiro lugar, é uma ótima oportunidade para que esses novos funcionários contribuam para a reputação online da sua empresa, escrevendo uma avaliação no Love Mondays. Os candidatos querem ver o que os atuais funcionários estão fazendo e, ouvir suas histórias, ajuda a influenciar outros candidatos a chegarem a esta fase da viagem!

Compartilhe.