Como 8 empresas Mais Amadas usam o Love Mondays

0

Reconhecimento genuíno dos colaboradores é o que faz uma empresa figurar entre as Mais Amadas do Love Mondays. O ranking, que está em sua quarta edição, mostra as 30 PMEs e as 50 Grandes Empresas melhor avaliadas na plataforma, segundo os próprios funcionários.

Para estar no ranking, as empresas precisam atender a critérios de quantidade de avaliação, tamanho da equipe e nota de satisfação geral. Todas as empresas com o número mínimo de avaliações postadas no Love Mondays são automaticamente consideradas para o ranking, independentes de serem ou não parceiras do Love Mondays. Para saber mais sobre a metodologia, acesse nosso FAQ.

Conversamos com oito empresas bem colocadas no ranking para saber como elas utilizam o Love Mondays para fortalecer sua marca empregadora. Conheça as estratégias de Creditas, Escale, Loggi, QuintoAndar, ThoughtWorks Brasil, C6 Bank, Takeda e Souza Cruz.
Veja abaixo:

1 – Creditas

“Percebemos que cada vez mais as pessoas utilizam plataformas de avaliações, seja no momento de fazer a reserva de um hotel, escolher um restaurante, comprar um livro ou escolher seu destino de férias. E, nesse mesmo movimento, as pessoas querem ouvir dos funcionários como é a realidade da empresa antes de aceitar uma oferta de trabalho. As pessoas acreditam três vezes mais no que clientes/funcionários dizem do que em ações que as empresas divulgam.”

Whiny Fernandes – Sr. Talent Acquisition

2 – Escale

“Estamos em contato direto com o time do Love Mondays para trocarmos ideias e conteúdos para fazer da página um portal mais impactante para nossa marca empregadora.”

Daphne Baroukh – Head of POP

3 – Loggi

“Procuramos responder todas as avaliações e comentários que os colaboradores e ex-colaboradores publicam lá. Quando recebemos alguma crítica ou sugestão, direcionamos ao time responsável para que possamos estudar e promover as mudanças necessárias.”

Karina Vasques – VP of People

4 – Quinto Andar

“O Love Mondays é uma ferramenta muito importante para engajar pessoas tanto na etapa de aplicação, como ao longo do processo seletivo. Muitos candidatos nos contam que olharam a plataforma antes de decidirem tentar uma vaga ou continuar no processo, quando já estão mais avançados. Incentivamos nossos funcionários a contarem como é trabalhar aqui para que as pessoas nos conheçam e queiram trabalhar conosco. Além disso, cuidamos para que nossa imagem esteja sempre aliada ao que vivemos internamente.”

Heloisa Vieira, Lead of Talent Attraction, e José Osse, Head of Comms.

5 – ThoughtWorks Brasil

“No Love Mondays, conseguimos mostrar nossa cultura para futuras pessoas candidatas assim como podemos coletar feedbacks das ThoughtWorkers para trabalharmos com a evolução contínua.”

Natália Menhem, Head de Marketing

6 – C6 Bank

“Estimulamos os colaboradores a contar como é trabalhar no C6 Bank. O Love Mondays é uma ferramenta importante para que os profissionais possam se informar sobre as empresas no país e ficamos felizes com o reconhecimento dos nossos colaboradores que se expressaram no site.”

Rafael Brazão – Head de RH

7 – Takeda

“Tudo o que a Takeda transmite é reflexo das boas práticas e do nosso olhar para todos os colaboradores. O Love Mondays é um reconhecimento que mostra onde estamos acertando e os pontos a melhorar, já que os próprios colaboradores são os protagonistas na avaliação. É uma plataforma muito importante para avaliarmos se os nossos investimentos são realmente pertinentes para o público interno e mais um espaço para as pessoas conhecerem um pouco da companhia, atraindo bons talentos e também postando vagas abertas.”

Veronika Falconer, Diretora Executiva de Administração, Recursos Humanos e Comunicação Corporativa da Takeda no Brasil e LATAM

8 – Souza Cruz

“Temos uma estratégia robusta para a nossa marca empregadora, composta por diversas frentes, como comunicação interna e externa, presença em fóruns, participação em pesquisas e rankings, relacionamento com universidades, atuação em mídias sociais, entre outras frentes. A Love Mondays faz parte dessa estratégia e nos ajuda a compreender a visão que pessoas que foram ou são nossos colaboradores têm da empresa, bem como suas experiências conosco. É uma ferramenta balizadora para aprimorarmos o que entendemos necessário e mantermos o que é valorizado. ”

Harry Vargas – Diretor de Recursos Humanos

Leia também: As Mais Amadas de 2019 – Confira o ranking!

Share.